Data da ultima atualiza�ao
15/11/2018



Leitura

DIA MUNDIAL da ASMA
01 de maio

A asma representa um importante problema de sade. Estima-se que mais de 300 milhes de pessoas sofram com asma no mundo e, no Brasil, cerca de 20 milhes. A inflamao crnica das vias areas responsvel pelo quadro clnico e pelas alteraes da funo pulmonar e diversos fatores desencadeantes ou agravantes so apontados como responsveis pela dificuldade de controle.

A asma no tem cura, mas atualmente existe um vasto arsenal medicamentoso que possibilita o controle adequado da doena. Por outro lado, os dados relativos falta de aderncia ao tratamento mostram a necessidade de ampliar o conhecimento dos pacientes, com acesso educao sobre a doena e o papel do tratamento. Entretanto, 5 a 10% dos asmticos podem apresentar doena de maior gravidade, com dificuldade de atingir o controle.

Os principais objetivos do tratamento da asma so o bom controle dos sintomas, preservao da funo pulmonar, reduo do risco de exacerbao e dos efeitos colaterais do tratamento, bem como proporcionar manuteno das atividades de vida diria, incluindo realizao de atividade fsica. Vale lembrar que as gestantes asmticas devem receber tratamento adequado, uma vez que o no controle da asma durante a gestao pode resultar em desfechos negativos tanto maternos quanto fetais.

Nas ltimas dcadas ocorreram grandes avanos nas pesquisas, o que resultou em melhor entendimento da doena e no desenvolvimento de um grande arsenal teraputico. Entretanto, dados mostram que o controle da asma ainda deixa muito a desejar e que 3 pessoas ainda morrem por dia por asma no Brasil. Essa realidade deve nos estimular a uma reflexo sobre o nosso papel quanto especialistas na ampla divulgao de informaes sobre a doena, promoo de educao do paciente e de acesso medicao.

A grande maioria dos pacientes apresenta boa resposta ao tratamento. Entretanto, alguns desafios ainda precisam ser vencidos e entre eles esto: melhorar o acesso ao tratamento; conscientizao do paciente com o objetivo de solucionar o problema da falta de aderncia ao tratamento; atuar para desmistificar o uso da medicao inalatria (bombinhas) e investir na realizao de pesquisas com o objetivo de investigar caractersticas e fatores de risco para resposta inadequada ao tratamento e evoluo com doena grave.

Dra. Regina Maria de Carvalho Pinto
Pneumologista, subcomisso de Asma da SPPT e mdica assistente da diviso de Pneumologia, Grupo de Doenas Obstrutivas - InCor / HC FMUSP



(Dra. Eloara Campos - Diretora de Divulgao SPPT 2018/2019)


www.ginanobrasil.org.br

http://www.incor.usp.br/sites/incor2013/videos/asma-dpoc/ 





aaa aaa


Apoio


Novartis

 

Rua Machado Bittencourt, 205 8 andar, cj.83 - Vila Clementino - 04044-000 - São Paulo - SP Tel: 0800-171618 - sppt@sppt.org.br